Via- Varejo logo

As vendas online da Via Varejo (VVAR3) dispararam 48,6% e ajudaram a empresa a registrar um lucro líquido de R$ 13 milhões no primeiro trimestre deste ano. Esse é o primeiro lucro contábil da companhia em sete trimestres. No mesmo período do ano passado, a dona das marcas Ponto Frio e Casas Bahia teve um prejuízo de R$ 50 milhões.

Enquanto o comércio online subiu e totalizou R$ 1,7 bilhão, as vendas nas lojas físicas foram de R$ 5,7 bilhões – um recuo de 7,1% se comparado ao mesmo período do ano anterior. “Mesmo com 80% das nossas lojas fechadas [por causa da pandemia], conseguimos ter um crescimento em nossas vendas”, disse o diretor-presidente da Via Varejo Roberto Fulcherberguer.

De acordo com Fulcherberguer, o grande “pote de ouro” da empresa para esse período foi o serviço “Me Chama no Zap” – canal criado para que os vendedores possam auxiliar os clientes durante a compra –  e que responde por 20% do total de vendas.

O diretor-presidente da Via Varejo ainda disse que os números mostram que há uma sustentação no crescimento das vendas online. “O mês de maio é um dos melhores do ano para vendas. Até o Dia das Mães, já vendemos 10% acima do volume total se comparado ao mesmo período do ano passado”, disse.

Saúde financeira

Via Varejo - caixa 1T20

Via Varejo - caixa legenda 1T20

Com a pandemia, cresce a preocupação dos investidores em relação a liquidez das empresas. Apesar do bom resultado operacional da companhia, chama a atenção a forte redução do caixa líquido da empresa, de R$ 2,2 bilhões no final do ano passado para apenas R$ 828 milhões no fim de março.

A inadimplência da carteira de crediário, acima de 90 dias, da Via Varejo ficou praticamente estável, em 6,8%. O diretor de Relações com Investidores, Orivaldo Padilha, acredita que este patamar será mantido. “Vemos um baixíssimo risco de inadimplência, isso é histórico da companhia”. Este indicador merece atenção, pois pode subir nos próximos trimestres por conta da crise econômica, comprometendo o resultado.

Para reforçar o caixa da companhia, uma possível solução é a captação de recursos via realização de uma oferta primária de ações (follow-on), conforme comunicado pela empresa.

O resultado que poderia ter sido

Em uma iniciativa inédita, a companhia inovou ao estimar seus resultados num cenário sem pandemia. De acordo com o release, o EBITDA aumentaria de R$ 563 milhões para R$ 661 milhões e o lucro líquido dispararia de R$ 13 milhões para R$ 100 milhões, se as lojas não tivessem sido fechadas.

Contudo, aparentemente, essa estimativa não levou em consideração que as vendas no segmento online provavelmente seriam menores, caso as lojas estivessem abertas.

2 pensamentos

  1. Olá, amigo blogueiro! Talvez você me conheça, talvez não. Talvez conheça o meu modesto blog, talvez não.
    Lancei um podcast, MUNDO SOUL, e venho aqui convidar você e o seus leitores a escutá-lo. Talvez agrade, talvez não. Será um programa de conversas que não terá um formato de debate, mas sim de uma discussão aberta sobre os mais variados temas para uma boa vida.
    Fica aqui mais uma vez o convite. Se gostar, siga na plataforma escolhida e compartilhe.
    Valeu!
    Link no spottify (também disponível em outras plataformas) https://open.spotify.com/show/3RVLyhN1MUbNsCIIMZ9MxF

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s