A queda da inflação nos preços dos alimentos permitiu ao Comitê de Política Monetária (Copom) cortar os juros em 0,25% ao ano. Essa foi a decisão unânime da diretoria do Banco Central divulgada nesta quarta-feira (19) e que pode estimular o aumento do investimento e do consumo no Brasil.

0007614760n-849x565

PEC e projeção de inflação também contribuíram para a redução

A aprovação em primeira votação na Câmara dos Deputados da Proposta de Emenda à Constituição (PEC)  que estabelece um teto para o aumento dos gastos públicos influenciou a decisão do Copom, pois sinaliza para um governo menos “gastão”.

O documento divulgado – diferentemente dos outros – passou a considerar o cenário de mercado para 2018, com projeção de inflação perto de 4,5%. Quanto mais próxima ao centro da meta a expectativa estiver, menos o Banco Central precisa utilizar os juros para controlar os preços.

Anúncios

Deixe uma resposta