PEC e queda dos preços dos alimentos permitem BC reduzir juros

Inflação de serviços ainda é motivo de preocupação

As razões para o início do processo da queda de juros foram explicadas na ata do Copom (Comitê de Política Monetária) divulgada nesta terça-feira (25). O documento elaborado pelo Banco Central (BC) esclarece também por que a redução foi de apenas 0,25% na taxa de juros Selic – quando a maioria do mercado esperava queda de 0,50%.

pec-dos-gastos

PEC dos Gastos

O Banco Central enfatizou na ata a importância da “aprovação e implementação dos ajustes na economia, notadamente no que diz respeito a reformas fiscais”. Ao aprovar em primeiro turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)  que limita os gastos públicos, o governo sinalizou para uma melhora na dinâmica das contas públicas à médio e longo prazos.

Quando se espera um governo pouco “gastão”, os investidores consideram menos arriscado emprestar dinheiro para o governo e, assim, exigem menor taxa de juros via títulos públicos. Além disso, um governo mais enxuto tende a comprar menos bens e serviços, exercendo menor pressão sobre os preços.

A ata foi divulgada no período da manhã, antes da aprovação em segundo turno da PEC pela Câmara dos Deputados.  Mais um passo dado no longo processo de discussão dessa medida tão importante para garantir a queda de juros no Brasil.

O texto segue agora para análise no Senado, com expectativa de votação em dezembro.  

0007614760n-849x565

Queda dos preços dos alimentos

Em sua penúltima ata, o Banco Central demonstrava preocupação quanto à recente alta dos preços de alimentos e seus efeitos sobre outros preços da economia. O que não se confirmou, permitindo, assim, a melhora da expectativa do mercado para a inflação de 2016 – saindo de 7,35% para cerca de 7%. Além disso, o BC aponta que “não há evidência de efeitos secundários do choque de preços de alimentos sobre outros preços na economia”.

servicos

Inflação de serviços preocupa Banco Central

O Copom dedica atenção à evolução da inflação de serviços e seus componentes. Segundo a ata, “ao considerar diferentes medidas com itens mais sensíveis ao ciclo econômico e à política monetária, há sinais de uma pausa recente no processo de desinflação que vinha sendo observado nesses componentes”.

A resistência da inflação de serviços indica a necessidade de cautela quanto à queda de juros. Com a variação dos preços que dependem da política monetária maior do que o projetado, o BC fica menos confortável para diminuir os juros com maior rapidez.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s