Vulcabras logo.jpeg

A empresa de calçados Vulcabras divulgou o resultado do segundo trimestre. O lucro líquido da companhia caiu de R$ 33 milhões no mesmo período do ano passado para R$ 30 milhões. No primeiro semestre, a queda foi de 15,5% – de R$ 66,5 para R$ 56,2 milhões.

Apesar da queda na última linha do balanço, o resultado apresentou números positivos. A receita líquida da companhia aumentou 16,5% e atingiu R$ 327 milhões. O destaque foi o crescimento de 290,4% de Confecções e Acessórios. Por conta do aumento da receita da marca Olympikus e, principalmente, pela adição das receitas com a marca Under Armour, o segmento alcançou receita de R$ 20,3 milhões.

Com o aumento de receita, por que o lucro líquido caiu na comparação anual?

Como o custo do produtos vendidos manteve-se praticamente estável (66% da receita), os vilões para a queda do lucro foram o aumento dos gastos com vendas e dos gastos gerais e administrativos.

O primeiro aumentou 26,6% por causa do aumento nas despesas com pessoal, ocasionada pela consolidação da estrutura da Under Armour Brasil e, ao incremento nas provisões para perdas estimadas com crédito de liquidação duvidosa.

Vulcabras despesas com venda.png

O segundo subiu 47,9% por conta dos aluguéis e condomínios, referentes às sete lojas advindas com a Under Armour, ao novo escritório comercial de São Paulo e aos serviços de terceiros, principalmente em função dos custos logísticos da operação Under Armour.

Vulcabras despesas g&a.png

Teleconferência de Resultados

A diretoria da Vulcabras informou – no evento de apresentação de resultados realizado hoje (06) – que espera um maior margem dos produtos de entrada no segundo semestre. Quanto à marca Under Armour, a meta é crescer sem comprometer o perfil premium da marca. 

Confira aqui o resultado da empresa.

Anúncios

2 pensamentos

Deixe uma resposta