Nada tranquilo e nem favorável para a economia brasileira

Retomada do crescimento brasileiro preocupa

grafico-ta-tranquilo-ta-favoravel

As previsões de retomada do crescimento da economia brasileira não estão nada tranquilas, muito menos favoráveis!  É o que indica a pesquisa Focus divulgada nesta segunda feira (5) pelo Banco Central.

Pela sétima semana consecutiva as estimativas do PIB (Produto Interno Bruto) para 2017 caíram. Agora, os economistas esperam um crescimento de apenas 0,8%, ante 0,98% na semana passada.

Os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) na semana passada ajudam explicar essa queda brusca em apenas uma semana – o PIB recuou 0,8% no terceiro trimestre.

As perspectivas nada otimistas dos economistas são resultados do agravamento da crise fiscal dos estados, do aumento de gastos públicos – como o reajuste salarial dos servidores públicos –, da demora para apresentação das reformas tão necessárias – como a previdenciária e tributária – e da instabilidade política.

Juros e Inflação

A tendência recessiva reflete-se também nos juros.  O mercado financeiro baixou sua previsão para a taxa básica da economia, a Selic, de 10,75% para 10,50% ao ano no fechamento de 2017. Com a atividade econômica mais fraca, haveria espaço para cortes mais agressivos na taxa de juros.

A estimativa do mercado para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) para este ano recuou de 6,72% para 6,69% – mesmo com o encolhimento, o número permanece acima do teto da meta de 6,5% ao ano. Para o ano de 2017, a expectativa se manteve em 4,93%.

2 comentários sobre “Nada tranquilo e nem favorável para a economia brasileira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s