Substituição na Carteira KB

Com a divulgação dos resultados trimestrais das empresas de programa de fidelidade, faremos uma substituição na Carteira KB: sai Smiles Fidelidade e entra Multiplus

A temporada de divulgação dos resultados do terceiro trimestre das companhias começou e nesta semana avaliamos a Smiles Fidelidade (SMLS3) e seu par na Bolsa –- a Multiplus (MPLU3). Considerando a melhor relação risco/potencial de retorno, decidimos trocar  SMLS3 por MPLU3 na Carteira KB

O lucro foi um dos itens que levamos em consideração para fazer essa mudança.  Nos três primeiros trimestres do ano, o lucro bruto e o lucro antes do resultado fiscal da Smiles foi quase 12% maior do que da Multiplus.

mplu3 x smls3 resultados.png

Entretanto, enquanto o valor de mercado da Smiles atinge quase R$ 10 bilhões, o da Multiplus é inferior a R$ 6 bilhões.

mplu3 x smls3 valor de mercado.png

Podemos afirmar que o preço atual da Smiles Fidelidade embute uma previsão de crescimento dos lucros superior ao do seu par na Bolsa. Acreditamos que essa expectativa se justifique por conta da aquisição da subsidiária Smiles Viagens e Turismo. Contudo, a nova firma ainda depende de licenças e autorizações do Ministério do Turismo para começar a operar.

O  pagamento de proventos nos últimos doze meses das empresas foi mais um dos critérios considerados pelo KB. Nesse quesito, a Multiplus vence a Smiles Fidelidade com folga. Enquanto a primeira pagou 8,6% do preço atual a título de dividendos e Juros sobre Capital Próprio, a Smiles distribuiu apenas 5,6%.

mplu3 x smls3 dividendos.png

A Multiplus ainda vence de lavada em outro item:  caixa e aplicações financeiras. São quase R$ 2 bilhões em disponibilidades para a companhia, ao passo que a concorrente detém menos de R$ 400 milhões.

mplu3 x smls3 caixa.png

Desde o início do ano na Carteira KB, os papéis da Smiles Fidelidade valorizaram 74,4% – desconsiderando o pagamento de dividendos. Continuamos acreditando no potencial da companhia, que segue sendo uma das empresas mais lucrativas da bolsa, mas, conforme a estratégia de investimento do KB de escolher apenas uma ação por setor, optamos pela substituição. 

Anúncios

Carteira KB – Outubro de 2017

A Carteira KB venceu, pela décima vez consecutiva, o Ibovespa e garantiu um rendimento no ano de 82,6% contra 23,4% do índice

carteira kb x ibovespa - outubro 2017

As ações da Carteira KB lucraram 4,13% em outubro, enquanto as do Ibovespa ficaram em 0,02%.  Com o resultado atingimos um rendimento no ano de 82,6% – quase quatro vezes maior que o índice.  

A alta foi puxada pelo crescimento da maioria dos nossos ativos. Entre eles, o da Smiles. A empresa teve uma valorização de 6,2%, considerando o pagamento de proventos no valor de R$ 0,074 por ação a título de Juros sobre Capital Próprio, como dissemos no balanço de setembro da Carteira KB.

Outro ativo que distribuiu dividendos em outubro foi a Itaúsa, que teve um recuo de 3,8% no mês. A companhia pagou R$ 0,015. Quando alguma ação paga dividendos, a estratégia da Carteira KB é reinvestir o valor recebido na própria empresa.

carteira kb detalhada - outubro 2017

Acontece na Carteira KB

A Ferbasa – produtora de ferrocromo e ferrosilício – valorizou 11,7% em outubro. No ano, os papéis da empresa lucraram 117,78%, desconsiderando o pagamento de dividendos. 

Parte dessa valorização pode ser atribuída ao anúncio do avanço nas negociações para adquirir um parque de geração de energia eólica. A possível compra dessas centrais faz parte das ações desenvolvidas pela empresa para aumentar a produtividade – é o que contou o gerente de Relações com Investidores da companhia, Carlos Henrique Temporal, em entrevista realizada pelo KB Investimentos.

Se você é acionista da Smiles, fique atento! As ações ordinárias que antes utilizavam o código SMLE3 foram substituídas pelos ativos da Smiles Fidelidade e passaram a ser identificadas como SMLS3.

A Itaúsa ampliou o limite para o programa de recompra de ações. A nova autorização permite à Diretoria comprar até 103 milhões de ações ordinárias (ITSA3) e até 50 milhões de ações preferenciais (ITSA4). O programa se estende até 2 de fevereiro de 2019.

A Qualicorp comunicou que suas subsidiárias – Qualicorp Administradora e a Qualicorp Corretora – exerceram opção de compra de 25% das ações da Aliança Administradora de Benefícios de Saúde e da GA Corretora de Seguros, Consultoria, Administração e Serviços pelo valor de R$272 milhões. Como já detinham os outros 75% dessas companhias, as subsidiárias Qualicorp Administradora e a Qualicorp Corretora passaram a ter 100% do capital social da Aliança Administradora e GA Corretora, respectivamente.

Apenas duas empresas da Carteira KB já informaram seus resultados do terceiro trimestre. A Grazziotin é uma delas. A companhia do setor de vestuário apresentou melhora expressiva no lucro bruto e EBITDA, mas, por conta da queda do lucro financeiro em função da redução da taxa de juros, teve apenas um leve aumento no lucro líquido.

No caso da Grendene, o mesmo padrão se repetiu. Contudo, nesse caso, a queda do lucro financeiro ofuscou a melhora operacional e provocou uma leve queda no lucro líquido. A empresa anunciou que distribuirá R$ 0,24 por ação no dia 22 de novembro a título de dividendos referentes a este resultado.

Veja como está a Carteira KB para o mês de novembro:

carteira kb - outubro 2017

Você quer saber como foram os desempenhos nos meses anteriores?

Acesse os balanços abaixo:

Carteira KB – Janeiro de 2017

Carteira KB – Fevereiro de 2017

Carteira KB – Março de 2017 

Carteira KB – Abril de 2017

Carteira KB – Maio de 2017

Carteira KB – Junho de 2017

Carteira KB – Julho de 2017

Carteira KB – Agosto de 2017

Carteira KB – Setembro de 2017

Smiles tem novo código no mercado

As ações ordinárias da Smiles negociadas na B3 (Brasil, Bolsa e Balcão) com o código SMLE3 foram substituídas nesta segunda-feira (23) pelos ativos da Smiles Fidelidade e passam a ser identificadas como SMLS3.

A incorporação da Smiles pela Smiles Fidelidade foi anunciada em julho. No mês seguinte, a companhia comunicou a aquisição da subsidiária Smiles Viagens e Turismo – empresa não operacional que atuará nesses segmentos. No entanto, o início das atividades da nova firma depende de licenças e autorizações do Ministério do Turismo.

Smiles gráficoO KB acompanhou o primeiro dia de negociações da SMLS3 para ver como o mercado reagiria a essas mudanças. O pregão foi de volatilidade numa segunda-feira relativamente estável na Bolsa. As ações chegaram a recuar 3% no começo da tarde – provavelmente, consequência da surpresa de parte dos investidores com a mudança. A partir disso, a SMLS3 se recuperou rapidamente até atingir a máxima de R$ 95,06 – alta de 2,4%. Por fim, a ação fechou sua estreia com queda de 1,96%, cotada a R$ 91.

As ações da Smiles – agora Smiles Fidelidade – estão na Carteira KB desde o início do ano. Até agora, elas mais do que dobraram de preço e tiveram uma valorização de 107,5%. A empresa segue com uma das maiores margens de lucro da bolsa, ótima pagadora de dividendos e opera sem dívidas.

Se você tem Smiles, fique atento! Os acionistas deverão atualizar o código em seus homebrokers para visualizar a posição detida em Smiles Fidelidade.